Graduação no exterior: afinal, vale a pena estudar fora?

Escrito por:

Marketing FK

A graduação no exterior é uma opção cada vez mais viável e que tem atraído a atenção de muitos brasileiros. Não é para menos: apesar de algumas dificuldades, estudar em outro país oferece benefícios inegáveis, que contribuem tanto no âmbito profissional quanto pessoal.

Fazer as melhores escolhas ainda na graduação, pode ser algo determinante para o seu sucesso profissional. São várias as opções de curso, universidade, ênfase: inúmeras possibilidades disponíveis no mundo todo.

Quer saber se realmente vale a pena estudar fora? Confira aqui 5 motivos pelos quais a graduação no exterior pode ser uma escolha excelente!

1. Você terá a chance de estudar nas melhores universidades do mundo

De acordo com a última classificação publicada pelo Center for World University Rankings, 8 das 10 melhores universidades do mundo estão nos Estados Unidos. A USP, a melhor colocada entre as brasileiras, aparece na 138º posição.

Além de carregarem todo o prestígio de quem figura no topo da maioria dos rankings, as universidades norte-americanas ainda oferecem outra vantagem tentadora: a possibilidade de se formar ao mesmo tempo em duas ou mais áreas diferentes. Ao entrar na universidade, você não precisa escolher de cara qual será sua graduação. Você começa a cursar as matérias que mais te interessam e só depois direciona sua grade de estudos para um determinado curso.

A área escolhida será o seu major, sua formação principal, porém, ainda poderá cursar disciplinas de outras áreas e conseguir um minor, uma formação secundária. Você poderá se formar com major em ciências biológicas, e minor e filosofia, por exemplo, sem falar na possibilidade de conseguir o double major, graduação completa em dois cursos ao mesmo tempo.

2. Os melhores professores estarão ao seu alcance

Buscar uma universidade que está no topo dos rankings não é só uma questão de prestígio. As melhores faculdades têm os melhores professores, e você terá a chance de estudar com grandes nomes da sua área. Já pensou em ler um livro que é referência em uma disciplina e depois tirar dúvidas com o próprio autor?

3. Você poderá formar uma rede de contatos global

Existem universidades que são líderes em internacionalização. Elas recebem inúmeros estudantes do mundo todo e formam uma imensa rede cultural e intelectual. Será uma ótima chance para ter contato com pessoas de diversos países, conhecer pontos de vista e concepções de mundo que você nem sequer imaginava que existiam, além de criar sua agenda com contatos de pessoas de todos os cantos do mundo.

4. Terá a chance de aperfeiçoar um idioma (ou mais)

Nada melhor para treinar um idioma do que ter que lidar com ele no dia a dia. Se você não é fluente, não se preocupe, muitas universidades oferecem programas de adaptação ao idioma para alunos estrangeiros. Se você já é fluente, que tal aproveitar para aprender outro idioma com estudantes de outros países? As universidades europeias também costumam oferecer cursos em outras línguas além do idioma oficial do país.

5. Conhecerá a fundo uma nova cultura

Você pode já ter visitado outros países por um período breve, ou acreditar que conhece muito bem a cultura norte-americana porque vê filmes e séries dos Estados Unidos, por exemplo. No entanto, a imersão em uma cultura diferente precisa ser muito mais profunda para que você a conheça de fato. Alguns meses ou anos estudando no exterior te trarão novas percepções e, com certeza, vão ampliar muito seus horizontes.

As vantagens não param por aí:

  • experiência profissional no exterior;
  • atividades extracurriculares;
  • grade curricular mais flexível;

Se esses são os seus objetivos, com certeza você deve considerar uma graduação no exterior!

Gostou do texto? Curta nossa página no Facebook e fique sempre por dentro de informações como estas!

 

Publicado 29/06/2017

Compartilhar:

Artigos Relacionados