MBA ou CFA®, qual escolher?

Escrito por:

Marketing FK

Não há uma resposta fácil para esta questão. Tanto a certificação CFA® quanto um MBA em uma reconhecida Universidade de negócios podem proporcionar grandes benefícios para a sua carreira. No entanto, há certos momentos e situações em que uma dessas opções faz mais sentido que a outra.
26 | ago. Tempo de leitura 5 min.

 

 

Faça alguns questionamentos sobre qual seu momento da carreira:

O ideal, é sempre realizar uma análise criteriosa do momento em que a sua vida profissional está e traçar seus próximos passos para chegar no seu objetivo. Para isso é necessário fazer alguns questionamentos, como:

– Em que momento de carreira estou?

– Com o que trabalho hoje?

– Onde quero trabalhar?

Esses três questionamentos irão proporcionar uma ótica clara da situação atual e do caminho que deve ser traçado para atingir o seu objetivo. Se mesmo assim você estiver com dúvidas sobre que caminho tomar, faça uma reflexão de onde você está trabalhando e que cadeira deseja ocupar.

Agora que já sabe qual momento da carreira está, leve alguns pontos em consideração:

Quando um profissional se pergunta, “em que momento de carreira eu estou”, é necessário levantar alguns pontos chaves como:

– já tenho diploma universitário?
– qual o meu cargo atual?
– quais tarefas estou desempenhando?
– necessito de conhecimento técnico e aprofundado sobre determinado tema ou ferramenta de finanças?

Qual a diferença entre as duas distinções?

Sobretudo é importante dizer que as duas distinções são espetaculares dentro do Mercado de trabalho, sendo o CFA® uma credencial exclusiva de Finanças enquanto o MBA cobre diversas áreas da formação de um executivo, e Finanças é só uma delas.

– estratégia;
– logística;
– liderança;
– finanças. Entre outras.

Então o MBA te torna mais um generalista, o CFA®, um especialista em Finanças.

Na maioria das vezes, seu tempo de vida profissional e idade podem determinar qual é o caminho adequado para seguir.

O que é necessário possuir para obter as certificações?

Para realizar um MBA no Brasil é necessário apenas ter um diploma universitário de qualquer categoria.

Já para realizar o CFA®, não é necessariamente obrigatório ter o diploma Universitário. Alunos que estão cursando o último período da graduação podem se inscrever e realizar o primeiro nível do exame.

Muitas vezes, as pessoas que buscam realizar os três níveis do exame CFA já são profissionais que atuam no mercado em áreas de análise de serviços financeiros desempenhando funções de Sell Side, Gestores de Buy Side, Private Equity, Finanças Corporativas ou Análise de Crédito Corporativo.

Além disso, os candidatos CFA, já tem um foco muito bem definido de onde querem chegar, eles têm a pretensão de ocupar cadeiras de CFO’s, Analistas de renda variável e renda fixa, Gestores de carteira, Estrategistas de carteira, Analista de risco e Investiment Banker, ou então, tem o desejo de atuar como Sales/Trader.

Já os candidatos que não tem experiência aprofundada na área de serviços financeiros e buscam uma recolocação profissional neste meio, podem se beneficiar muito optando por fazer o MBA. Seguindo este caminho o mesmo irá construir uma base sólida, pois terá exposição à todas as áreas de negócios como: Contabilidade, Finanças, Marketing, Estratégia, Operações e etc.

Finalmente, não dá para comparar o CFA® com um MBA nacional. Nada contra as faculdades brasileiras, mas com o CFA® estamos falando de um currículo mundial, montado por um corpo de especialistas do CFA® Institute, um instituto que fica na Virgínia, EUA, composto pelos maiores especialistas do mundo em investimentos. Então, comparar o CFA® com um Master in Finance em uma Top10 do mundo é mais justo.

Se deseja saber mais sobre esse assunto, nosso sócio e responsável pelos cursos e consultorias de CFA® Raphael Palone — CFA®, CFP e CPA-20, gravou um vídeo explicando sobre a diferença desses caminhos. Assista clicando no link abaixo.

Para os melhores resultados, faça os dois!

 

Compartilhar: